Os exames que sua mãe precisa fazer sempre

Você sabia que a prevenção é realmente eficaz quando se trata de câncer? O tabagismo, o sedentarismo e a alimentação inadequada colaboram demais para o surgimento de alguns tumores.

Ou seja, algumas mudanças nos hábitos já reduzem as chances de ter a doença. Dê atenção especial à sua mãe, cuja geração não era tão atenta e nem tinha acesso às informações que temos hoje em relação à saúde.

Primeira atitude: ir ao médico regularmente. Pergunte para ela se ela está com os exames em dia, OK?

Sintomas

Prestar atenção a alguns sinais poderá ajudar o disgnóstico precoce, que é um forma de aproximar à cura.

Fique de olho se a pele mudou de aspecto ou se sente nódulos nos seios ou nas axilas. Dor nas mamas e secreção nos mamilos também são outros sinais de alerta. O autoexame e a mamografia anual depois dos 40 anos são fundamentais para descobrir nódulos em estágios iniciais e menos complicados de tratar.

Atenção à tireoide. O câncer na glândula que controla inúmeras funções do metabolismo é três vezes mais frequente nas mulheres.

Uma rouquidão prolongada podem indicar a presença de tumores. Nódulos na tireoide são detectados com exames de imagem.

O câncer de colo de útero é o segundo tipo mais frequente entre as mulheres, mas a detecção é feita pelo papanicolau, exame realizado pelo ginecologista, por isso é preciso fazer todo ano.  Na fase inicial, a mulher pode não sentir nada, por isso o papanicolau é tão importante, mas se o câncer já estiver em fase avançada, pode haver sangramento vaginal e dor abdominal.

Ela deve procurar um médico se tiver diarreia ou prisão de ventre por um período prolongado, dor abdominal ou na região anal e sangue nas fezes, pode ser sinal de câncer de cólon  e reto – curável na maioria dos casos, principalmente se detectado cedo (por exames de fezes e colonoscopia).

Mulheres com mais de 50 anos têm maiores chances de desenvolver a doença (mas quem é jovem também precisa se cuidar). Uma dieta rica em frutas, vegetais, cereais e peixes e atividade física ajudam na prevenção.

O câncer de pulmão é resultado direto do tabagismo. Mulheres que começaram a fumar nos anos 70 e 80 estão começando a desenvolver tumores nas vias respiratórias agora. Sua mãe está nessa faixa da população?

Os sintomas mais comuns são tosse que não passa nunca e, em casos mais graves, sangramento pelas vias respiratórias.

Via M de Mulher.